Secretaria da Mulher

Secretaria de Políticas para a Mulher

@SECRETARIAMULHERSP

Início » Casa da Mulher Paulista é inaugurada em Barretos pela SP Mulher
Share

Casa da Mulher Paulista é inaugurada em Barretos pela SP Mulher

Agenda no interior paulista faz parte da 1ª macrocampanha estadual pelo Fim da Violência Contra a Mulher

A iniciativa conta com investimento do Governo de SP, e é fruto de parceria com as Prefeituras e outros órgãos parceiros


A Secretaria Estadual de Políticas para a Mulher de São Paulo inaugurou nesta quarta-feira (06), a Casa da Mulher Paulista “Janaína Zanqueta Dias Rondini”, em Barretos, além de apresentar o protocolo Não se Cale. A agenda integra a 1ª macrocampanha estadual “21 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher”.

A secretária de Políticas para a Mulher, Sonaira Fernandes, enfatizou a importância das estratégias direcionadas à segurança feminina. “Nosso trabalho é unir esforços junto com os municípios para fortalecer a rede de proteção às mulheres vítimas de violência com políticas públicas”, disse. “Com o Protocolo Não se Cale, buscamos disseminar informações por todos os segmentos da sociedade, para promover o reconhecimento dos diversos tipos de violência contra a mulher. Capacitamos as pessoas a agirem em prol da proteção das mulheres e fortalecer a rede de apoio no pós-denúncia”, declarou.

Esta é a segunda Casa da Mulher Paulista inaugurada no Estado. A primeira foi entregue em Pederneiras, em outubro. A iniciativa conta com investimento do Governo de SP, e é fruto de parceria com as Prefeituras e outros órgãos parceiros.

A cidade de Barretos tem aproximadamente 122 mil habitantes, segundo o IBGE. Atualmente, está sob gestão da prefeita Paula Lemos, que ressaltou a importância do serviço no município. “Hoje é a realização de um sonho porque é um serviço que faltava para que a mulher tenha um lugar de fala. As mulheres precisam ter voz. A cidade está comprometida junto com o Governo de SP em criar ambientes seguros e livres de violência para o bem-estar das mulheres”, destacou.

O equipamento será dedicado à proteção, ao acolhimento, à capacitação e à orientação das mulheres em direção ao mercado de trabalho, além de fornecer suporte jurídico e psicológico para recuperação de autonomia e confiança.

A secretária Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Vitória Saretta de Oliveira, enfatizou que o equipamento trará benefícios para todos os munícipes. “Vamos promover capacitações para atender todas as mulheres do município. É um marco para Barretos”, disse.

Também estiveram presentes o prefeito de Monte Azul Paulista, Marcelo Otaviano, o presidente da Câmara Municipal, vereador Luiz Paulo Vieira, o vereador Nestor Leonel e o defensor público Fabio Esposto.